terça-feira, 12 de novembro de 2013

Inseparáveis



Inseparáveis

Nunca acreditei em almas-gêmeas
Mas não sabia explicar como somos tão parecidos
Nos costumes, na personalidade, no jeito de amar
No jeito de ser, de pensar e existir.

Uma força irreconhecível nos aproximou
Eu te observava  em silêncio
Sem saber que vc tb me olhava...calada
Bastou um olhar cruzado...o elo antigo, tomou conta de nós

Mesmo que o mundo caísse sobre nós
Nada iria impedir nosso amor
Acima da razão e do entendimento
Sempre nos amamos, mesmo sem saber

A vontade de chamar a tua atenção
A surpresa com nossa afinidade
Alguém disse: eu era vc de calças...rs
Então começamos a perceber que fomos feitos um para o outro.

Mas eu queria saber mais, pois no mundo nunca encontrei alguém
tão semelhante ao meu jeito de ser
Até pensei que jamais iria achar o amor verdadeiro
Depois de muitos anos, sorrindo e às vezes chorando juntos: o entendimento.

Estamos na própria história da criação
Seres andróginos, separados em duas partes
Masculino e feminino...
Hoje sei, querida...eu sou vc, por isso somos inseparáveis.

Ghost

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Eu Te Amo!


O teu beijo tem o gosto da felicidade
Teu abraço é um afago acolhedor
Teu colo tem o conforto pro corpo e coração
Teu jeito, teu andar, teu olhar, tua voz, teu cheiro...eu amo tudo em vc.

O sentido de amar alguém não é o mesmo que possuir alguém
O amor é benigno, não necessita de palavras ...
É generoso, não nos isola do mundo, nem de nós mesmos
Une dois corações, como galhos de uma mesma árvore, mantida no solo.

Não precisei mudar em nada, pra ser amado por vc
Tb não pedi nada de vc, pois vc se doou inteira...como és, e eu amo tudo em vc.
Sorrimos juntos de coisas bobas, mas lindas para nós, como enxergar além dos olhos: um mundo colorido e coberto de paz.

Mesmo quando estamos distantes...estamos juntos, nos sentimos e nos falamos com o coração.
Incrível, o amor não tem fronteiras...nem tempo.

Passear numa praça, sentar num banco debaixo duma árvore, ouvindo pássaros e olhando em teus olhos, é o mais sublime ato de amor que meu coração sente...me basta te amar, tua presença, tua lembrança...
E quando unimos nossos corpos, então sentimos que somos Um, separados em algum lugar, em algum tempo...

Laços invisíveis de um amor gigante, maior que tudo que possamos dizer um ao outro, mas que se manisfesta quando nos olhamos...me sinto no paraíso, acariciado por uma legião de anjos.

Quando vejo vc vindo na minha direção, me sinto um abobado sorrindo feito um idiota ao quadrado. Vc me olha mansamente e sorri,  me chamando de palhaço...então nos abraçamos, num ato de orgasmo dos sentimentos que transbordam de nossos corações.

Assim, em cada  momento que penso em vc, que sinto vc, que te aperto...digo com o coração, com meu ser eterno, com minha boca, com minha vida...Eu Te Amo.

Ghost


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

O Silêncio e os Sons


Sete notas:
Dessas sete surgiram os bemóis, sustenidos e dissonantes.

Então formamos uma sinfonia a partir de sete notas
Falamos em tons básicos dessas sete notas
Choramos em tons menores 
Gritamos em tons maiores

Sempre as sete notas, pois sem elas fica o Silêncio...
Primeiro o Silêncio, pois todos os Sons se originam Dele, como causa primária dos sete tons.

Ghost

terça-feira, 15 de outubro de 2013

ABJURÃN



As asas se abrem, o vôo está por iniciar...
Céus se mostram em cores e sons
O coração doce já não sente a harmonia
O silêncio se torna companheiro fiel

Do ninho, ficam as palhas...os pássaros voam além
Sem saudade de ninguém, outros irmãos, outra nação
A Samsara se movimenta num sussuro, num adeus
A música segue...a egrégora se mantém

Noutras paragens, noutras dimensões, acomodam-se no ninho
Vem o vento, balança a fortaleza...as asas se agitam novamente

Lá vão os pássaros, buscando a liberdade...num horizonte sem fim.

Ghost


domingo, 22 de setembro de 2013

Vampiro



Vampiro...

Meu desejo é invencível...
Lua após lua, as lembranças distantes...me revoltam
Incapaz eu sou de me redimir
Diante da fome insaciável, meu apetite quer te devorar

Sugar tuas energias...num acalanto de terror 
Gemidos na madrugada...passos na calçada
Uma janela entreaberta...um vulto sinistro
Um corpo nu...minha refeição está servida

Revejo o pavor em teus olhos
Olhar que amei outrora...hoje noutro corpo
Me abandonaste nos séculos sem fim...
Madrugadas de tormentas, me perdi...

Me perdi no desejo animal, meu sangue se esvaiu
Hoje bebo de ti...fazendo retornar a rainha de um coração que tive
Me importa te seduzir, o sabor é mais forte
Fêmea frágil me amando...tomo-te em sugadas mortais.

Nada resolve teu choro, minha sede é irracional
Volta pra mim, amada...
Vem pro nosso tempo de um século esquecido
Viva pra sempre em corpo, junto a mim

Quero vingar o animal que me fiz, 
Quero viver de amor, mesmo te fazendo igual a mim...me faz feliz assim...

Reconheces o Lord que fui?
Saudades sem fim passei...
Agora não mais...
Estás aqui...vamos reinar nas madrugadas, como dois  pássaros negros e famintos, por um amor sem fim.

Ghost

domingo, 28 de julho de 2013


Anjos do Amanhã


É preciso rever nossos conceitos de sermos agressivos para o mundo, e sermos desagradáveis para as pessoas
Porque falamos alto? falamos para surdos? porque o lider tem ser o que mais grita?
Porque os maiores seres que já habitaram na Terra eram dóceis, como gatinhos amestrados?

Quando iremos entender que só viveremos em paz, quando plantarmos a paz?!
Até quando seremos serpentes venenosas? raça de viboras...
Há um lado gentil em cada ser, mas cultivamos o lobo feroz...
Plantamos a concorrência, ao invés da irmandade, 
A inveja ao lugar do exemplo a seguir
O ciúme que se vinga, ao lugar do carinho que conquista...

Porque?

Porque, se já voamos como pássaros, nadamos como peixes..
Porque, ainda existem pessoas que plantam o preconceito?
Porque, acusamos, julgamos e condenamos, ao invés de ajudar a corrigir?
Porque, agimos muitas vezes como animais sem raciocínio, movidos por instintos primitivos?

É tão simples entender que a felicidade está nas coisas simples da natureza,
Se cultivássemos a paz, colheríamos a harmonia ao nosso redor, 
Tantos sofrimentos se amenizariam, encontraríamos a visão da paz, ao longe no horizonte,
Mas não acreditamos nas forças naturais da vida, e colhemos úlceras, agindo com a raiva do homem conquistador e insaciável,
A natureza só pede por Amor, para nos devolver Amor, é a Causa e o Efeito.

Talvez milênios ainda circulem pela Terra, regida pelo homem que dorme, mas só há uma saida...o Amor;
E nesse despertar sublime, deixaremos o velho lobo nos escaninhos da memória, e seremos os anjos do amanhã,
Entenderemos então, a importância de perdoar, de ajudar, de plantar a paz, dias tão distantes do ser atual que habita na Terra, 
Esse ser bélico que ainda debocha da dor alheia, que enriquece com o mal coletivo, que não faz uma ação benigna se não for recompensado, como cães famintos.

Sobreviveremos, como raça que evolui, como uma tribo isolada do restante da população do Universo, 
Buscamos o merecer, como ainda selvagens, alcançar padrões de civilidade cósmica, para visualizar padrões mentais altíssimos.

Não podemos acusar o próximo, pois somos da mesma origem, e rumamos para o mesmo final de amor...
Experimente hoje, oferecer um sorriso para uma criança, ou cuidar de uma planta, ou simplesmente se permitir sentir a emoção de uma bela canção, se permita um pouco de paz.

Não busque a razão de tudo, razão é raciocínio...enquanto a essência do Amor é Divina, e o Universo é feito de Amor.

Ghost

domingo, 7 de julho de 2013

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Alma-Mãe



Alma-Mãe

Mãe, que me deu o pensamento
Que me ofertou os sentimentos 
Que fez de mim, parte de si
Mãe sublime, que guarda a divindade viva em sua luz

Nave-mãe de meu espírito tão pequeno, necessitado de teu colo e abrigo
Querida fonte de mim mesmo, sou um pedacinho pequeno de teu imenso amor
Luz divina, de teu útero nasci
Me ofertaste irmãos queridos, separados  pelo tempo e pela distância

Irmãos que reconheço no olhar, no afeto dos sentimentos que se afinam
Mas de tudo que sou, querida mãe...não supre a solidão e a saudade do lar
Multidões não me domam o coração, teorias não explicam tua origem
Mas meu coração te sente como a fonte de mim mesmo

E ao visitar-me anjo amado, trazes nos olhos de mulher...o amor que me faz voar e sorrir
Esperança que se renova em minha milenar existência
Abraço caloroso que me faz derramar o pranto dos que amam
Me dá tua pele e teu corpo em forma feminina, te faz canção e poema pela voz dum lindo amor

Então meu coração voa...te dedico em declaração sublime, meu destino, meu princípio e meu fim
"Junto a ti alma querida, encontro a luz dos sonhos meus, dos encantos que procurei, trazes em tesouro mais raro...o amor dos dias meus, mandaste um pedacinho de ti para mim, como quem diz: venha unir-se em mim...
No andar, na fala e no carinho, sei que és tu que me chama e guia, querendo mais amor, querendo mais luz, me espera para subir ao absoluto encontro com a criação. 

Sob a emoção de teu lindo olhar me calo em pranto poético, abraçando teu coração e dizendo-te no silêncio duma canção: Sou teu filho, sou você, unindo nossos laços eternos pelo amor doutra partícula de tua essência, entrelaçada pelos laços invisíveis da atração dum homem  pela mulher que me domina o coração, sem nada dizer, senão: sou parte de vc e seguimos para nosso lar num amor eterno, além da vida, do corpo, do sexo, do tempo...só por amor...vem buscar-nos, mãe...somos teus."

Ghost


sábado, 22 de junho de 2013

A lenda de dois corações.


A lenda de dois corações.

Amor raro...felicidade sem fim
Pedaço de mim,  água da minha fonte
É você...

Rainha dos meus sentimentos
Vinda dos meus sonhos mais altos
Tomando-me por inteiro, sem cerimônia
É você...

Meu poema de amor
Inspiração mais bela
Carinho que me faz sorrir
Abraço que me aquece
É você...

Estrela dos sonhos meus
Prazer de meu corpo, escravo de tuas vontades
Luminosa aparição vinda do mundo mágico de minhas poesias
Mulher amante, amiga, cúmplice, anjo guerreira, luz dos meus dias
Luz do amor da alma que  nos faz dividir o bem, chamando a paz  para todos
É você...

É você, parte de minha fonte...meu puro e raro amor, mostrando-me que o verdadeiro amor não é uma lenda.
Vamos  pelas estrelas, bailando e cantando ao som da melodia da paz...
Saindo de nossos casulos, voando numa asa só...
Até que sejamos um...
Numa consciência maior de luz e paz
Pelos caminhos e dimensões do infinito
No país das estrelas.

Ghost

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Senhores passageiros...boa viagem!!!


Os sinais do céu nos trazem a esperança de um infinito ainda não descoberto pelo homem.
Eles nos fazem cogitar de muitas possibilidades, além de nossa vida tão limitada.
Naves, seres, luzes, aparições...

Hoje não duvidamos mais da existência de várias moradas na casa do Pai.
São bilhões de galáxias, 100 milhões já confirmadas pela ciência, fotograficamente.
Galáxias  com trilhões de estrelas, sendo "impossível" para a raça humana com a atual tecnologia, alcançá-las.

Dependemos de máquinas, enquanto nossa fé é pequena, enquanto nossa visão é de um rato dentro da toca.
Não queremos, nem podemos ver o  todo ao redor, pois isso fere ao nosso orgulho formado  em milhões de anos como sendo  nós o centro do universo.
Mas os tempos nos mostram o inevitável, os avanços nos levam cada vez mais longe da visão limitada de nossa consciência física.

Negar é quase impossível, acreditar que não existe algo lá fora já é absurdo, mas ainda reagimos como selvagens diante da luz, pegamos nossos tacapes e tentamos bater no imaterial, imitando os hipócritas que buscavam Deus em templos, mas  jamais no coração.

Aos poucos nos é revelado parte infinitesimal de um universo conhecido em fagulhas e tão misterioso, ainda.
Possibilidades infinitas de vidas e dimensões, nos tirando das ilusões da visão limitada da carne, egos caindo por terra, orgulhos se desfazendo, sacerdotes em falência, verdades manipuladas caindo em descrença.  Estamos sendo enganados por milênios, mentes quadradas que pensam quadrado, não admitem a insignificância de nosso pequeno horizonte, tal qual a chama das paixões que sucumbem diante do oceano de amor, nos vemos  como formigas no caminho de elefantes.

Nos armamos contra nossos irmãos,  planejamos conquistas espaciais, como se de tudo fôssemos os proprietários, esquecendo-nos de que a inteligência suprema é feita de amor e perfeição, nos dando o oxigênio e o alimento, não oprimindo o ser selvagem que trucida seu próprio irmão em meio dum jardim florido, mas esperançando a luta da alma eterna no aprendizado terrestre.

Choramos ao ver entes partirem do corpo físico, ainda não percebemos que eles continuam a existir, conquanto de outra forma nos amando tb, no silêncio de um mundo que renegamos com todas as armas de nossa língua bélica e venenosa.

Mas surge a luz do amor, dita nas palavras de um ser que veio nos mostrar o caminho..."amai-vos uns aos outros", então alguns poucos percebem que o amor é a escada que eleva, fazendo-se então uma pequena falange que planta no deserto de descrença e da fé cega, talhada por sacerdotes e aproveitadores da ingenuidade da criatura que dorme em consciência.

Assim o motor da nave que nos eleva ao infinito está ligado, esperando passageiros para seguir a viagem de retorno ao lar, sem alarde, silencioso como o amanhecer dum dia  primaveril, nos dizendo no íntimo da criatura...amar, amar e amar.

Compre sua passagem para embarcar nessa nau...é da fonte do fraterno que a nave surgirá.

Desperte o amor em vc...acenda a sua luz.

Senhores passageiros...boa viagem!!!

Ghost

Pai...to com medo.

Imagem
Pai...to com medo.

Filha, eu daria a minha vida por um sorriso teu...
Pra mim ainda eras um bebê, pequenina, dormindo em meus braços
Hoje percebí que vc cresceu, se tornou uma linda moça

Perdoe-me filha, tive que partir ao mundo, buscar teu alimento
Não tive tempo de perceber o quanto precisaste de mim
Busquei o consolo de minha própria dor, não vendo que tb estavas só

Juntando meus pedaços, esqueci que és parte de mim tb
Deixei-te aos cuidados de pessoas queridas,
Deixei-te pela dor de não ter que olhar teu rosto...e ver a imagem daquela que tanto amei

Hoje volto, presenciando teu sofrimento
E tb estou com medo...medo de perder vc
Mas algo em mim me dá a esperança de um novo recomeço.

Não tenha medo filha...
Pois ainda não falei-te de meu amor por você
Ainda não te ensinei o que é o verdadeiro Amor.

Fica comigo querida, não se vá
Papai precisa de vc
Não acredito que Deus me deixaria sózinho, outra vez.

Me dê uma chance...não se vá
As luzes que me protegeram...tb te salvarão, eu sei
Sei que somos maiores que o corpo, mas vc ainda não aprendeu, deixe-me ter tempo de te ensinar.

Não estou pronto pra te perder assim, agora
Deixe-me pegá-la no colo, te fazer dormir, como vc dormia em meus braços quando bebê
És meu único tesouro que Deus deixou sôbre a Terra...não se vá.

Foram tantas noites e dias distante de todos, de tudo
Envolvido num vazio de mim mesmo
Abre os olhos filha...papai está aqui.

Vamos sair filha, vamos andar de mãos dadas pela praça, vamos ouvir os pássaros
Deixe-me ver o teu sorriso andando de balanço, deixe-me comprar uma boneca pra vc
Ainda não estou pronto filha...abra os olhos.

Por quantos amores passastes querida?
Em quantos afagos procuraste a minha mão?
Quantas vezes me esperaste no portão?

Quando finalmente meu coração estava pronto
Um apenas, de tantos recados que me enviavas..."pai...to com medo"
Não tenha medo filha...papai está aqui.
 


"Ó Pai de todos...dá-me a força do Amor, a Luz de Alma, a Fé do Coração,
não permita Senhor, que a vida termine aqui, não me tire a esperança.
Dou-te minha vida pela vida dela, assim como tive a chance e tempo, não negues isso à ela tb...imploro-te com a humildade dum pai imperfeito, mas que ama seu rebento, oportunize-me a tarefa de ser pai presente, devolva minha filha aos braços meus...
Mas seja feita a tua vontade Pai, essas almas tão amadas que me emprestaste, seja hoje ou amanhã, sei que sempre estaremos juntos..."


Durma agora filha, zelarei teu sono aos pés de teu leito...
Amanhã poderemos recomeçar...
Deus nos dará uma nova chance...
 

                                                       Ghost

Decesso...



Pelos momentos eternos dum prazer inexplicável
Como inexplicável é o amor que sinto 
Pelos olhares que falam um idioma intraduzível em palavras
Aos teus encantos cedo humilde, como quem alcança uma estrela

Dormir a alma em teu corpo, navegar no encanto de teus gestos
Não há analogia que explique a felicidade de poder te amar assim
Sentir-me exausto só ao receber a luz de teu olhar sôbre mim
Repousar no vôo silencioso de um sentimento único, só nosso

Mais que belo, mais que dizer "te amo"...
Honrar o direito de ser teu destino
Saber que não estamos amarrados e nem presos um ao outro
Não ser e nem ter a posse, mas ser parte de vc e vc de mim, por amor

É assim que me desfaleço em cada segundo que te amo
Em cada amanhecer que falo teu nome
Deslizando suave minha boca por teu corpo
Sentindo vc vibrar ao meu toque

Sedução, romantismo, sedento por vc
Poesia, sexo, amantes e amigos
Confidências, segredos, ser um...mesmo sendo dois
Cúmplice, parceira, mulher dos sonhos meus

Mata-me mais, pois quero morrer desse sono
Acordar-me no paraiso, cercado de eternidade com vc
Acorda-me dos mortos, voltaremos ao lar...onde de novo seremos um 
Ser da minha fonte, alma da minha alma...amor da minha vida.



domingo, 9 de junho de 2013

DEUS – causa primária de "todas" as coisas.



Deus é a causa primária de "todas" as coisas.
Não somos exclusividade da criação,  as estrelas, os animais, a natureza, são manifestações divinas tb.
Quando aprendermos que "tudo"  é Deus, então não o veremos como um ser ou apenas um espírito puríssimo, mas saberemos que somos suas partículas...e que só a união de nós todos, pelo amor fraterno, irá reformar a consciência coletiva dita por Jesus:  "eu e o Pai, somos UM", "evoca um rochedo e ele te responderá", "eu sou a videira, vós os ramos",  "Ame a teu próximo como a ti mesmo e não faça aos outros o que não quer que façam contigo", "Às vezes pensamos que estamos sós? não estamos, Deus está com cada um de nós, passando pela luta da vida", "Deus está dentro de voce e ao seu redor, e não em castelos de pedra ou em mansões de madeira. Levante uma pedra e encontrará Deus.Quebre um pedaço de madeira e Ele estará ali. Quem souber o significado dessas palavras jamais conhecerá a morte...", "não vim trazer a paz,  mas a espada".

Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses.(Sócrates)

Deus está em nós,  pois somos suas partículas, Jesus nos disse tudo...apenas não o compreendemos, AINDA..

Texto:
Ghost

Fontes de referência de base: 
1 - http://www.guia.heu.nom.br/sistema_de_leibnitz.htm
2 - http://www.agsaw.com.br/tema86.htm
3 - http://www.agsaw.com.br/2012cp24.html
4 - http://andromedalive.blogspot.com.br/2011/03/os-estagios-do-relacionamento-com-o.html
5 - http://blog-espiritismo.blogspot.com.br/2007/02/o-que-deus.html
6 - http://www.febnet.org.br/wp-content/uploads/2012/07/135.pdf
7 - http://www.youtube.com/watch?v=O6x9rJM8vgE
8 - http://www.youtube.com/watch?v=b3kO6cWv1lQ
9 - http://www.youtube.com/watch?v=voStXVldM40


sexta-feira, 24 de maio de 2013

Noite de amor




De tempos sonhados, vens na mansidão da noite, trazendo-me a paz dos teus carinhos...
Silenciosa, carregando uma canção no olhar
Maravilhosa, como uma lua num céu estrelado
Alma desnuda, de corpo em brasas sensuais

Num lirismo de amor, me lembrando dos séculos de um amor sem fim
Lavada de feminilidade, como uma gata manhosa...me envolves em teu corpo macio
Viajo pela imensidão dos prazeres que vc me traz
Como uma obra começada e inacabada, buscamos a perfeição de nosso encontro milenar

Suados, exaustos, arrebatados um sôbre o outro, descansamos dessa sede voraz de união
Dormindo serenos e sonhando com um vôo ao infinito...onde não há condicionamentos, mas um amor perfeito.
Iluminada senhora...mulher sensivel, possuidora do meu coração
Hoje nosso amor me traz as recordações do que fomos, mas tb a certeza do nosso amanhã...te amo.

Ghost


terça-feira, 21 de maio de 2013

Resgate de Amor



Imagem

Resgate de Amor

Naquele último instante em que te vi sorrir, não percebi...o adeus.
Eu guardava o orgulho, orgulho de quem queria ter sempre a razão...
Bobo orgulho, de quem não percebia o quanto era amado.
Em tua doçura me esperavas, silenciosa e triste.


Sempre achei ter tempo de voltar e recomeçar
Sempre quis de você um minuto de atenção, sem me importar com o que vc sentia.
Tuas caricias, com o olhar sereno de um anjo habitando um sonho...
Hoje sinto nas lágrimas amargas da saudade...o quanto tive do teu amor.



Esperança e luz, lições de vida e paz...tudo tive de você, com doçura e paciência,
Mas eu não percebia o quanto era raro esse amor...eu não via...
Nâo vi a luz daqueles dias com vc...
Nem nas tuas orações, eu percebia o anjo a me conduzir e ensinar.



A dor veio, aos poucos, te carregando de mim...levando-te devagar...
Fazendo-me despertar a solidão de um coração duro, adormecido no orgulho,
Aprendi a chorar, enquanto me ensinavas a ter fé...de novo eu não te ouvia...
Meu tesouro, minha luz...tanto devo-te de mim...



"Anjos do céu, venham nos salvar...
Venham nos mostrar a estrada que eleva
Tenham paciência conosco...
Guardem nosso sono...um dia despertaremos!"



Ainda lembro de vc em prece, pedindo aos céus...
Naquela oração meu coração estremecia, mas eu fechava os olhos diante da luz.
E não te dei o amor que precisavas, tal qual a planta necessita de água...
Deixei-te sob o sol do deserto...



Se eu pudesse voltar...se eu soubesse que ali era o fim...



Hoje entendo o teu sorriso de adeus...sabias então...tinhas o meu amor...
Penso, as vezes, que era tudo que vc veio buscar alma querida...
Meus orgulhos transformaste em pétalas de fé, 
Minhas intolerâncias sucumbiram em teus carinhos...



Só vim agradecer-te o resgate anjo de luz...e dizer-te...
Amo Você!!!



Ghost